ato

Atualizado: Set 14

de Laura Liuzzi



esta é uma história sem 

começo. quando cheguei

já estava viva.

a sala acesa os insetos 

desenhavam percursos 

sobre as matérias

as nuvens se moviam 

sutilmente as montanhas 

em crescimento os livros 

com seus discretos 

rumores a comida morna

a injustiça fria antiga agarrada

as cores postas desmaiadas

as cores vivas vigorosas

as promessas feitas 

a espera a demora 

as surpresas como canos

que subitamente se rompem

o susto a sorte o samba

já estalava cada coisa

a seu tempo a lama agora

seca os olhos aguados

as mãos prontas um coração 

musculoso o amor prontinho

pra dar.


esta é uma história que 

sabe que nada parte

de um só que um só 

nem sequer é possível

esta é uma história 

de pelo menos dois

uma história de eu 

e você de você e você

daquilo e daquilo 

coisa com coisa

da luz sobre a água

da água sobre a terra

da terra sobre o corpo

frio

do frio sobre o corpo

do corpo sobre o corpo

do laranja sobre o verde

esta será sempre uma 

história sobre o verde

sobre os dentes entre

os seus lábios 

um assobio uma intuição

é uma história que não 

tem começo mas que 

já começou.





LAURA LIUZZI é poeta e vive no Rio de Janeiro. Trabalhou com o documentarista Eduardo Coutinho, como assistente de direção, nos filmes Um Dia na Vida, As Canções e Últimas Conversas. Publicou "Calcanhar" (7Letras, 2010), "Desalinho" (Cosac Naify, 2014) e "Coisas" (Megamini/7Letras, 2016).

63 visualizações