capa2.jpg

Onde está o afeto e o amor?

por Quitta Pinheiro




Arquivo Pessoal



Reagi, meus leitores!

Mas sem o cropped, pois vim falar de amor. E o amor, dói.


Hoje falar de afeto se tornou até posicionamento político, vírgula, estratégia de manipulação e entre outras deturpações para, qualquer finalidade individual (e egoísta). Menos para realmente trazer para si a responsabilidade emocional que faz parte desse sentimento. O afeto está no amor. Logo se não há amor… rs.


Contextualizei essa percepção porque preciso falar sobre qual é a responsabilidade emocional e de vida que as pessoas que se dizem “aliadas” da diversidade de corpos que diariamente é violentada de várias formas, precisam entender: Não basta respeitar, é necessário enfrentar se colocando em nosso lugar e o poder que se tem, pois se em vários diálogos se mostram compreender, o que te afeta quando você presencia a violência conosco? Dói não é? Ou não dói?


Se essa dor bate é pelo simples afeto que há dentro de vocês. Quando não há essa percepção da violência que está nos atingindo, não há afeto e não há amor. Quando vocês sentem, enxergam e não passam por cima para estar de fato ao nosso lado, por motivos banais como “o que irão pensar sobre mim" ou “não sei se você quer minha ajuda”, não há afeto e não há amor.


Pra mim, o amor ultrapassa qualquer medo e insegurança. O amor gera outros sentimentos como a revolta, que surge quando alguém que você ama, está sofrendo.


E dói. Assim como tenho me sentido estando longe dos meus reais amores. Doída, fraca e sem energia. Peço perdão pela falta da última coluna, pois estava mais dolorida do que me encontro.


O afeto está na prática e não na fala. Já o amor, esse não se esconde, sabemos exatamente onde encontrar.


Ame e assuma seu boy, gay!

Ame e case com a sua sapatão, mulher!

Ame e aceite a bissexualidade da pessoa amada!

Ame, demonstre, beije, grite pro mundo a sua travesti!


Esses afetos são impagáveis, pois eles são caros e raros.


Boa luta e reais afetos para todes! Avante!


51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo