O duo The Books na tradução de Mariano Marovatto

Atualizado: Set 14



O duo The Books



The Books foi um duo musical novaiorquino que existiu durante a década de zero. Nesses anos todos eles lançaram quatro discos, o meu predileto é o Music for a French Elevator and Other Short Format Oddities. A ideia desse álbum surgiu de um convite do ministro das relações exteriores da França para a dupla compor uma trilha sonora exclusiva para os elevadores do prédio do ministério. A música do The Books se caracteriza pelas frases do cello de Paul de Jong e pelos violões de Nick Zammuto, entremeadas por recortes sonoros de origens diversas. Porém, no French Elevator eles utilizaram quase que exclusivamente estes retalhos sonoros, oriundos de fontes bastante obscuras. Na época em que descobri os The Books, eu estava gravando o meu primeiro disco. Nele tive por um tempo uma vontade de inserir entre as canções, algumas faixas feitas de ruídos, falatórios e esquetes sonoras (acabei lançando depois, tudo isso em um álbum separado). Ouvir o French Elevator foi portanto uma revelação. É um disco estranho e bastante irônico, a começar pela sua premissa. Me identifiquei. "You'll Never Be Alone" ("Você nunca estará sozinho") é a minha faixa predileta desde sempre. Ela é um pequeno retalho sonoro, um resumo, uma reconfiguração sarcástica de uma palestra motivacional extraída de algum vinil esquecido. A tradução eu fiz tempos atrás para usar em uma apresentação, mas acabei nunca usando. Um dia, quem sabe. Junto da tradução segue também um link com a faixa original. Divirtam-se.





Você nunca estará sozinho


Onze:

autossugestão

você nunca estará sozinho

imaginação criativa

desejo

você não sente nenhum desejo ardente mesmo


Oito:

todo dia você sabe exatamente o que vai fazer e porquê

mas a verdadeira alegria não existe mais


Quinto:

credo

não lute


Primeiro:

cinco


Quarto:

quatro

vá para algum lugar tranquilo

talvez de noite na cama

feche os olhos

espera

eu posso tocar com as minhas mãos

imaginação

você nunca estará sozinho

a importância da mulher

você nunca estará sozinho

saiba o que você quer

assim como todos os estados de espírito

a proficiência da procrastinação


Nove:

ninguém sabe de tudo

sem ter para onde ir


Número dois:

(um)


Um:

O segundo princípio é um estado de espírito

flashes súbitos de pensamento ou de inspiração


O quinto princípio é

o que você faz para viver


O quarto princípio é

a primeira e única mulher


O sexto princípio é

o sexto princípio


O sexto sentido


O décimo terceiro e último princípio

é o décimo segundo princípio


Terceiro:

isso é importante

é isso

pensamentos são coisas

(três)


Três:

o tempo não significa nada para o seu subconsciente


Dois:

entenda de uma vez por todas

você nunca estará sozinho

aqui na terra



Faixa original



You'll Never Be Alone


11

Autosuggestion

You'll never be alone

Creative imagination

Desire

You don't have a burning desire at all


8

Every morning you know exactly what you're going to do, and why,

but all the real joy is taken out of it


5th

Faith

Don't fight it


1st 5 4th 4

Go into some quiet spot, perhaps in bed at night

Close your eyes

Hold it

I can touch it with my hands

Imagination

You'll never be alone

The importance of the woman

You'll never be alone

Know what you want

Like all states of mind

The mastery of procrastination


9

No one knows everything

No place to go


Number 2

(1)


1

The second principal is a state of mind

Sudden flashes of thought or inspiration


10

The 5th principal is

Whatever it is you do for a living


The 4th principal is

The one and only woman


The 6th principal is

The 6th principal


The 6th sense


The 13th and final principal is

The 12th principal


3rd

This is important

This is it

Thoughts are things

(3)


3

Time means nothing to your subconscious

(2)


2

Understand once and for all

You'll never be alone

Here on earth




THE BOOKS é um duo novaiorquino formado por Nick Zammuto e Paul de Jong. Estimulados pelo interesse mútuo em elementos experimentais, como os found sounds, sound collage, mixes melódicos e atmosferas etéreas, misturados no contexto da música acústica e eletrônica, produziram quatro álbuns entre 2000 e 2010. Atualmente, os músicos do duo seguem com projetos solo.


Mariano Marovatto (Rio de Janeiro, 1982) escreveu livros como Estirâncio (7Letras, 2019), Casa (7Letras, 2015) e Vinte e cinco poemas com Chico Alvim (Luna Parque, 2015), e gravou alguns discos, entre eles: Praia (Maravilha 8, 2013) e Selvagem (Embolacha, 2016). Como pesquisador e arquivista literário, foi responsável, entre outros trabalhos, pela organização do acervo do escritor e compositor Cacaso e pela pesquisa de inéditos e estabelecimento de texto da Poética de Ana Cristina Cesar. Recentemente organizou Os Fantasmas Inquilinos, antologia de poemas de Daniel Jonas (Todavia, 2019) e a versão em português de Silêncio de John Cage (Cobogó, 2020). Doutor em literatura brasileira pela PUC-Rio, Mariano foi também apresentador e roteirista do programa musical Segue o som na TV Brasil entre 2009 e 2016. Toda a sua produção está disponível em marovatto.org.

46 visualizações